quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Indicadores de saúde, educação, emprego e renda pioram em Olinda entre 2000 e 2005

O Sistema Firjan, uma organização de classe que representa as indústrias do Rio de Janeiro, criou o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM).

O indicador foi construído a partir de 3 variáveis: educação, saúde e emprego e renda, utilizando apenas números oficiais do Governo Federal.

Apenas para efeito de comparação foram observados os indicadores dos municípios no ano de 2000 até o ano base da coleta de dados que é 2005.

A partir desse critério, dos 185 municípios pernambucanos, praticamente todos (176) apresentaram uma melhoria nos indicadores de saúde, educação e renda.

Apenas 9 cidades (Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe, Santa Filomena, Amaraji, Angelim, Olinda, Floresta, Cupira e Ipojuca) tiveram um desempenho negativo.


Fonte: Jornal do Commercio, 5/8/2008.

Um comentário:

marco disse...

Foi aqui fiquei informado que o Presidente da Câmara André Avelar desvia verbas públicas da Sáude Só podia né.
Um ladrão desse ainda diz que a mudança continua...


LADRÃO.


Marco Cristão.