quinta-feira, 19 de junho de 2008

Casa da Rabeca realiza o Forró do Salu


Casa da Rabeca realiza o Forró do Salu

Com informações da assessoria

A novidade do São João deste ano é a primeira edição do Forró do Salu, na Casa da Rabeca, que terá o Mestre Salustiano como anfitrião. No local será montado um arraial junino com cinco dias de festejos, que começam no dia 20 e vão até o dia 24/06. Na programação estão apresentações de quadrilhas juninas, manifestações artísticas e shows com grandes atrações como Cristina Amaral, Nádia Maia e Josildo Sá. O objetivo do evento é valorizar a cultura regional local.


A decoração da Casa da Rabeca representa o clima interiorano com uma grande palhoça, ornamentada com chita, bandeirolas e palha; além de barraquinhas com comidas típicas comandadas por Fernanda Salu e Tia Zefinha. Os pratos vão de bode guisado, buchada e sarapatel aos quitutes como pamonha, pé-de-moleque, canjica, milho assado e afins. Ainda serão realizadas brincadeiras comuns no período junino, como a barraca de pescaria e o pau de sebo.


A abertura oficial vai acontecer nesta sexta-feira (20). A concentração será às 18 horas, no Espaço Ilumiara Zumbi, com apresentações de quadrilhas juninas de alunos da rede pública de ensino. Depois, será formado um cortejo do qual os integrantes conduzirão as bandeiras de São João e São Pedro, ao som do forró pé-de-serra até a Casa da Rabeca, num percurso de 200 metros. Chegando à casa do Mestre Salu, começa a programação com shows de Agostinho do Acordeon, Sintonia do Forró e, em seguida, a atração principal da noite: Josildo Sá.


No sábado (21), irão se apresentar Balaio de Cheiro, banda formada por sete jovens apaixonados pela música e pela cultura nordestina que buscam valorizar o legítimo forró pé de serra; e o Coco do Amaro Branco, grupo formado por mestres e discípulos da tradição do coco tradicional que acontece na comunidade de Amaro Branco, em Olinda, há mais de 100 anos, além de Sintonia do Forró. A atração principal da noite fica por conta de Gabriel Sá, que interpreta músicas de Humberto Teixeira, Maciel Melo, Xico Bizerra, Luiz Gonzaga, Zé Dantas, entre outros nomes do forró nordestino.


No domingo (22) é a vez de Nádia Maia subir ao palco. A noite conta ainda com apresentações da Banda Fim de Feira, uma mistura entre música popular nordestina e a poesia dos cantadores de viola e poetas sertanejos; além da rainha da ciranda, Lia de Itamaracá.


Na segunda-feira (23) a cantora Cristina Amaral é a atração principal, ao lado de Herbert Lucena, cantor que através do seu trabalho busca valorizar a coco, tornando-o reconhecido em todo o Estado. Herbert já compôs músicas gravadas por nomes como Irah Caldeira, Silvério Pessoa, Azulão, Dominguinhos e Terezinha do Acordeon. A noite da véspera de São João promete esquentar ainda mais com a apresentação do músico, rabequeiro e compositor, Maciel Salu, e do grupo de mazuca mais antigo de Pernambuco, o Mazuca de Agrestina.


Já na terça-feira (24), o cantor e compositor Rogério Rangel é atração principal e vai apresentar músicas do seu CD "De Beira Mar ao Pé de Serra". Representante do forró pé-de-serra, Rangel tem parcerias com Santana, Petrúcio Amorim, Flávio José, Dominguinhos e Geraldinho Lins. Na noite de São João, o show de Ed Carlos, que já recebeu menção honrosa pela Abrajet (Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo) como artista que mais divulgou a música Pernambucana em âmbito nacional e internacional, apresenta os temas populares de Pernambuco com arte e criatividade. Neste dia, ainda haverá apresentação de Dinda Salu, outro filho do Mestre, que comanda o Boi Mirim e vai apresentar a diversidade dos folguedos nordestinos.


Local - Fundada em 2002 pelo Mestre Salustiano, a Casa da Rabeca do Brasil é um espaço dedicado à preservação da cultura e tradição do Estado. Recebe artistas populares locais, nacionais e internacionais durante o ano inteiro, tendo Mestre Salustiano o grande anfitrião e divulgador da casa. No comando do espaço, estão ainda seus filhos Pedro Salu, Clailton, Betânia, Imaculada, Dinda, Mariana e Cristiano. Com acesso fácil, com rua pavimentada, a Casa da Rabeca tem capacidade para abrigar 2 mil pessoas, além de amplo estacionamento e segurança.


O Forró do Salu foi idealizado pela Idéia Eventos e Marketing e pela Casa da Rabeca e é patrocinado pelo Governo do Estado de Pernambuco, Fundarpe e Prefeitura de Olinda.



Serviço
“Forró do Salu”
Quando: Dias 20, 21, 22, 23 e 24 de junho, às 20h
Onde: Casa da Rabeca - Rua Curupira, 340, Cidade Tajabara/Olinda.


Quanto: R$ 10,00 / R$ 5,00 (meia-entrada)
Informações: Idéia – 3427.2902
www.casadarabeca.com.br

2 comentários:

paulo disse...

Como faço p/ adquirir o cd do mestre salú? moro em São Bernardo do Campo/SP e não sei onde comprar o mesmo...

jo@o disse...

parabéns vcs que fazen a casa da rabeca pois adorei o forro pé de serra a instrutura a organização em fim tudo de bom bjs.joão henrique olinda pernanbuco