sábado, 12 de abril de 2008

Sem médicos, SPA obriga diretora a trabalhar no sábado

FAIXA COLOCADA NOS EQUIPAMENTOS DE SAÚDE DA PREFEITURA DE OLINDA: "SALÁRIO BASE DOS MÉDICOS DE OLINDA: R$ 641,39. ISSO É UMA VERGONHA!"

O SPA da Prefeitura de Olinda da Avenida Getúlio Vargas amanheceu hoje sem médicos, forçando a Dra. Isabel, diretora responsável pelos SPAs, a trabalhar dia de sábado.

Nos demais postos de saúde e na Maternidade Brites Albuquerque a situação é a mesma. A Maternidade da Prefeitura de Olinda também não está realizando partos.

Os médicos de Olinda estão com movimento sindical cobrando o cumprimento de documento assinado pelo secretário de Saúde do município, médico João Veiga, se compromentendo a pagar uma gratificação aos médicos desde o mês de janeiro de 2008. Até o momento, o compromisso assinado em documento não foi cumprido.

Os médicos de Olinda colocaram faixas nos equipamentos de Saúde informando o salário atual (R$ 641,39) e denunciando o não cumprimento do acordo salarial.