terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Bacalhau do Batata faz esquecer que quarta-feira é de cinzas


Que Quarta-Feira de Cinzas que nada! Em Olinda, milhares de pessoas celebram o Carnaval sem nem lembrar que a folia de Momo vai chegando ao fim. E o pique continua o mesmo!

Quem puxa a turma é o disputado mungunzá do bloco Zuza Miranda & Thaís, que, logo ao raiar do dia, oferece reforçado café da manhã para quem se prepara para subir e descer ladeira. De lá, a parada de todo folião que se preza é o Bacalhau do Batata. Da concentração no Alto da Sé, o bloco parte para a Rua do Bonfim, passando pelos Quatro Cantos em direção ao Varadouro e retorna à Sé.

A folia arrasta uma multidão – especialmente aqueles que trabalharam nos quatro dias de festa e, só na quarta-feira, podem se esbaldar ao som de uma orquestra de frevo. Este, aliás, foi o grande motivo para a fundação do bloco: em 1962, cansado de só ver as agremiações passarem, o garçom Isaías Ferreira da Silva, o Batata, que morreu em 1993, criou o Bacalhau do Batata, o mais tradicional clube da Quarta-Feira de Cinzas de Olinda.


http://jc.uol.com.br/2009/02/24/not_192348.php

Folia continua em Olinda com Bacalhau e Munguzá

Na Quarta-Feira de Cinzas, os já tradicionais blocos arrastam multidões pelas ladeiras da Cidade Alta na despedida do Carnaval

da Redação do pe360graus.com

Os foliões se despedem do Carnaval de Olinda nesta Quarta-Feira de Cinzas (25). Mas a festa ainda não terminou: a programação de desfiles de blocos na Cidade Alta começa às 6h com o Acorda Urso, e segue até às 19h30 com a Troça Carnavalesca Mista Morreu Donzelo.

O destaque do último dia de festas é o tradicional bloco Bacalhau do Batata. Criado há 47 anos, a agremiação desfila pelas ladeiras do Sítio Histórico carregando seu estandarte feito com um bacalhau e verduras usadas no preparo do prato.

O bloco foi criado pelo garçom Izaías Pereira da Silva, o Batata. Como trabalhava durante o Carnaval, ele decidiu estimular o surgimento de outras agremiações para desfilar na Quarta-Feira de Cinzas.

Outro famoso bloco da quarta-feira é o Munguzá de Zuza Miranda e Taís. A tradição se repete há 14 anos, sempre nas quartas-feiras de Carnaval. O músico Zuza Miranda, natural do Rio Grande do Norte, começou a preparar o munguzá, distribuído por ele para os que ainda têm disposição de encarar a folia na Sé.

A comida é feita com dois dias de antecedência. Serão distribuídos cinco mil porções este ano. A brincadeira termina às 10h, quando a turma do munguzá se encontra com o Bacalhau da Batata.

Confira a programação do Carnaval de Olinda para esta Quarta-Feira de Cinzas (25):

Pólo Afro Nação Xambá
(Rua Severino Paraíso da Silva, nº 65, Portão do Gelo, São Benedito)

14h - Bloco Comigo Ninguém Pode
16h - Bacalhau da Troça Mangueira e Folia
17h - Grande Arrastão da Charanga do Bié

Blocos

6h – Bloco Acorda Urso
7h30 - Bloco Munguzá de Zuza Miranda e Thaís
10h – TCM O Bacalhau do Batata
11h – Bacalhau do Verdura
16h – TCM Boneca da Nandite
18h – Encontro de Bois
19h – Mojubá (Núcleo de Cultura Popular Tradicional)
19h30 – TCM Morreu Donzelo


.

Um comentário:

daniele disse...

quem gosta do bacalhau do batata é minha avó