domingo, 19 de julho de 2009

Olinda: R$ 50 mi e muito buraco


Há seis meses à frente da Prefeitura de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB, foto) faz um balanço positivo das intervenções que realizou no município e projetou ações para a segunda etapa deste ano. O comunista afirma que, apesar das dificuldades orçamentárias da cidade, conseguiu cumprir boa parte das metas para o período traçadas ainda durante a campanha eleitoral do ano passado. No entanto, reclamações não faltam por parte da própria população. A principal refere-se à quantidade de buracos existentes nas vias olindenses, inclusive nos corredores de maior movimento.

As ben­fei­to­rias citadas por Renildo estão a in­fraes­tru­tu­ra, prin­ci­pal­men­te re­la­cio­na­das ao com­ba­te aos im­pac­tos das chu­vas, e ações pon­tuais nas áreas de Saúde e Educação. “Foi um pri­mei­ro se­mes­tre muito pro­vei­to­so. Reto­mamos todas as obras ini­cia­das na ges­tão da ex-pre­fei­ta Lucia­na Santos (PCdoB) e ainda ini­cia­mos as nos­sas.Tratamos com prio­ri­da­de os ca­nais e as en­cos­tas dos mor­ros, onde rea­li­za­mos in­ter­ven­ções para en­fren­tar o in­ver­no”, des­ta­cou.

Segundo ele, foram in­ves­ti­dos em torno de R$ 50 mi­lhões, oriun­dos de con­vê­nios com o Governo do Estado, Caixa Eco­nô­mica e União, em ações co­mo re­ves­ti­men­tos em ca­nais, im­plan­ta­ção de vias mar­gi­nais, cons­tru­ção de la­goas de re­ten­ção, ur­ba­ni­za­ção das mar­gens cór­re­gos e reas­sen­ta­men­to da po­pu­la­ção que per­deu seu imó­­vel por conta das chu­vas. Somando as rea­li­za­ções em Saúde e Educação, a Prefeitura teria gasto cerca de R$ 9 mi­lhões, sendo boa parte de re­cur­sos fe­de­rais.

“Construímos o es­tá­dio de Rio Doce, o Centro de Reabili­ta­ção Ortopédico na PE-15, am­plia­mos e re­for­ma­mos a Mater­nidade Brites de Albu­querque. Reformamos a Poli­clínica de Rio Doce e fi­ze­mos ou­tras ações que con­tri­buí­ram para di­mi­nuir os pro­ble­mas que en­con­trá­va­mos na Saúde Pública de Olinda, que era um dos pon­tos mais cri­ti­ca­dos do mu­ni­cí­pio”, afir­mou.

Outra ben­fei­to­ria ci­ta­da por Renildo, a ur­ba­ni­za­ção da orla do mu­ni­cí­pio, está em an­da­men­to e, como as de­mais, con­ta com di­nhei­ro da União. Os R$ 19 mi­lhões se­rão em­pre­ga­dos na obra até a sua con­clu­são. “Esse re­­cur­so eu con­se­gui este ano após muito luta. Sem­pre que vou a Brasília, pro­cu­ro mos­trar que a ad­mi­nis­tra­ção em Olinda é séria e pode re­ce­ber in­ves­ti­men­tos. Assim, vamos con­se­guin­do di­nhei­ro para tocar muito do que con­si­de­ra­mos fun­da­men­tal para o mu­ni­cí­pio”, re­la­tou.

As mui­tas idas de Renildo Calheiros a Brasília, desde que as­su­miu a Prefeitura de Olinda - ge­ral­men­te uma a cada duas se­ma­nas - cha­ma­ram a aten­ção de opo­si­to­res, da Im­pren­sa e até mesmo de alia­dos. “Como co­nhe­ço bem a forma que o or­ça­men­to da U­nião é pro­gra­ma­do, vou com os pro­je­ti­nhos embaixo do braço para lá. Nem sem­pre con­si­go via­bi­li­zar re­cur­sos, mas con­si­go fir­mar a se­rie­da­de da ges­tão”, ex­pli­cou.


Folha de Pernambuco

OLINDA URGENTE - MAIS DE 172.000 ACESSOS E 3.000 POSTAGENS - UM BLOG EM DEFESA DE OLINDA.

Um comentário:

aline albuquerque disse...

Não existe estádio nenhum em Rio Doce , existe uma terra - plenagem sem escoar a agua ds chuva para o canal , e alagando a Av Brasil , e Av Mexico , depois dessa construção. Prefeito dexe de mentira , não venda ilusões ao Olindenses não , eu sou acredito vendo !!!